• 1

Notícias

Eletrolar Show 2015 - A Ecoação esteve lá!

Nesta semana foi realizada a Eletrolar Show 2015, a maior feira da América Latina de negócios da indústria e do varejo de eletrodomésticos, eletroeletrônicos, celulares, TI e UD. A feira é composta pela exposição de novos produtos e tendências por parte dos fabricantes e a realização de diversos workshops abordando  assuntos competentes. Por conta dos eletroeletrônicos e seus componentes serem objeto de logística reversa, foi realizado um evento para discutir o acordo setorial destes e de outros objetos incluídos na Lei 12.305/2010 que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos!

Descarte de entulho e grandes volumes

Sabe aquelas pequenas obras que a gente faz em casa para trocar pisos, trocar telhas e coisas deste tipo? Então! Sabia que por menor que seja o volume da sua obra, de pouquinho em pouquinho, os resíduos de construção civil dos pequenos geradores quando somados configuram a maior parcela da geração no município de São Paulo?

Descarte consciente de óleo de cozinha

Pastéis, polenta, batata frita, bolinhos de arroz e carnes empanadas. Quem não gosta? Além da gostosura todos estes alimentos tem algo em comum, a fritura! Para fritar alimentos é necessário o uso de óleo de cozinha! Um amigo de quem cozinha, mas quando mal destinado,  um inimigo do meio ambiente!


 

 

Segundo a Sabesp, 1 litro de óleo de cozinha usado e descartado na rede pode contaminar até 20 mil litros de água. Tão pouco para um estrago enorme não?! Assim, o que devemos fazer é separar o óleo que utilizamos em garrafas PET com tamanho adequado ao volume gerado e levá las até um ponto de entrega voluntária, comuns em supermercados. Grandes geradores deste material, como estabelecimentos alimentícios, devem entrar em contato com empresas especializadas na coleta e tratamento do óleo, que o transformam em sabão e até fazem a ponte entre usinas de biodiesel que reprocessam o material utilizando-o como combustivel. A entrega voluntária certamente não gera um custo e a maior parte das empresas de coleta disponibliza, sem custo, um barril plástico para armazenamento do óleo até que a quantidade atinja o limite e ela mesmo realiza a coleta na data acordada. Separe, armazene e destine seu óleo de cozinha de forma responsável e contribua para um meio ambiente mais limpo!

Saudações da equipe Ecoação Gestão Ambiental e Sustentabilidade!!

Por Thiago Loureiro Goldmann Cosenza, Biólogo e especialista em Gerenciamento de Resíduos Sólidos

 

 

 

Descarte consciente de eletroeletrônicos

O que fazer com aquele monitor de computador que não funciona mais? E com aquele celular que tem o jogo da cobrinha que você amava jogar e que hoje nem o botão de ligar funciona? Deixar guardado é o primeiro pensamento que nos vem a cabeça, pelo menos por um tempo.

Desapego. Desapego é a palavra chave aqui! Com o tempo ele surge e você percebe que está acumulando um monte de eletroeletrônicos em casa, quase que construindo um museu com peças antigas que não funcionam mais: batedeira, misturador, tv, controle remoto, decodificador, teclado, mouse, fone de ouvido, impressora, celular, torradeira e tudo o mais que é possível de se ligar na tomada.

Jogar no lixo? Da dó.

O que fazer? Se está quebrado, ninguém pode aproveitar então.

Aí que está o grande ponto! Hoje existem cooperativas de catadores de materiais recicláveis que são especializadas em desmontar estes materiais, separando seus componentes e depois destinando-os para reciclagem. Doar seu eletroeletrônico em desuso gera trabalho e renda para muitos cooperados, que prestam um serviço ao meio ambiente e a sociedade evitando que os componentes passíveis de contaminar os solos e água sejam liberados em lixões ou terrenos baldios.

Tendo em vista esse grande ato de respeito ao meio ambiente e a sociedade, a Ecoação tem realizado campanhas junto do Instituto GEA no bairro do Morumbi, bairro em que está sediada a Ecoação, para coleta de eletroeletrônicos em desuso. Já foram realizadas duas campanhas que abrangeram prédios, grandes condomínios e famosas escolas do bairro.

Acompanhe nossas postagens em nossa página no Facebook e aqui no site para ficar por dentro das próximas campanhas de coleta e se torne uma pessoa amiga do meio ambiente!

Saudações da equipe Ecoação Gestão Ambiental e Sustentabilidade!!!

 

Por Thiago Loureiro Goldmann Cosenza, Biólogo e especialista em Gerenciamento de Resíduos Sólidos

Projeto Composta São Paulo

O Projeto Composta São Paulo, com apoio do prefeito Fernando Haddad, apresenta uma solução para os resíduos orgânicos domiciliares. Cuidar do meio ambiente é cuidar de você mesmo!

Pacto Global reafirma comprometimento com pilares do desenvolvimento sustentável

Cerca de 200 empresas e organizações signatárias da Rede Brasileira do Pacto Global participaram em São Paulo, do encontro anual da iniciativa, realizado em 04/11. Entre os principais temas debatidos estiveram liderança e inovação, pilares do compromisso assumido pelo setor empresarial junto às Nações Unidas para a construção de uma sociedade mais inclusiva e sustentável.

Descarte inconsequente

O tempo acabou, os municípios brasileiros agora terão que se adequar à Política Nacional de Resíduos Sólidos. O dia 2 de agosto marcou o fim do prazo estipulado pela Lei 12.305/10 para que os municípios brasileiros deem destinação adequada aos seus resíduos e rejeitos.